No dia mentira, vamos de Chico


Por Thales Ramos//

E vamos de Samba do grande amor, no 1° de abril, dia da mentira. Música de Chico Buarque, aquele mesmo, que quando toca na roda, as cabrochas seguram a barra de saia e corrupiam feito rolinhas no cio. Cena bonita e frequente. Dizem que mentir é feio. Bonito, de fato, não deve ser. Às vezes, a mentira vale a pena. Acho que todo mundo sabe disso.Por que quando interessa, quase todo mundo mente.

Hoje eu tenho apenas/Uma pedra no meu peito/Exijo respeito/Não sou mais um sonhador/Chego a mudar de calçada/Quando aparece uma flor/E dou risada do grande amor Mentira

2 Respostas para “No dia mentira, vamos de Chico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alteração )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alteração )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alteração )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alteração )

Conectando a %s