22 Respostas para “Onde tem Samba: Samba na feira, SP

  1. Mais uma das tantas rodas de samba que o embalo do Samba na Vela diz lançar compositores novos mas na verdade só canta “compositores nossos”. Apesar de um exímio violonista de sete cordas o restante do grupo é bem acanhado e beira a pieguice. Sem novidades. O pastel da feira sim é ótimo. Prefira o pastel.

    Tinhorão – Casa Verde/SP.

  2. Será que frequentamos o mesmo samba? O projeto Samba na Feira começou no acaso no bar do Osmar (acredito que vc deva conhecer) e nunca teve a pretensão de ‘copiar’ outras rodas de samba de São Paulo mas sim levar um pouco mais de entretenimento para uma região que está carente de atividades culturais. Lembrando que o projeto não recebe nenhum auxílio ou patrocínio para existir, tudo é feito pelo amor ao samba e todos aqueles lá vão são bem recebidos.Todos os compositores tem total liberdade para apresentar suas obras le caso não saiba até lançaram uma espécie de cartilha só de sambas inéditos. Quanto ao grupo acanhado e piegas???? Desculpa, tô sentindo que soa como algo bem particular.

  3. Desculpa Juliana, percebi que meu comentário não foi muito bem aceito por vc. Vc faz parte do samba? Se faz saiba que não é ofensivo dizer que algo começou baseado em outro. Essas cartilhas que vc tiz que tem lá são aquelas iguais as que tem no Samba da Vela com as letras dos sambas inéditos? O Samba da Vela tem mais de 10 anos e surgiu lançando novos compositores. Se o seu samba tem 04 anos e surgiu lançando novos compositores vcs se basearam no que eles já faziam. A diferença é que lá qualquer um pode participar e as musicas inéditas são realmente divulgadas e aí ninguém viu ainda nenhum composiotr (participante) ou seja (de fora) lançar nenhuma música. Ou em 04 anos não apareceu nenhum compositor de fora? Não é nada pessoal como vc afirma, nem conheço todos os membros assim como acho que nunca nem nos vimos. Trata-se apenas de um comentário num espaço destinado a comentários. Escrevo o que sinto. Abraço e muito sucesso a todos vcs.

  4. Olá camarada Tinhorão, faço parte do samba e não vejo demérito no que tange a semelhança com a Vela não, de certa forma aceito como elogio. Assim como na Vela, na Feira, todo novo compositor pode sim cantar e executar sua obra, não fazemos distinção. Sobre novos compositores, basta ouvir o cd do Marquinhos Jaca, Soró da Bahia, Fabiana Cozza, poderá ouvir os compositores da Feira. Agora, samba piegas e acanhado?!? Defina o que entende como piegas e acanhado e quem sabe assim consigamos entender seus sentimentos…
    Obrigado pelos fraternos votos de sucesso e apareça, pessoalmente conversaremos melhor sobre a sua opinião referente a Feira.
    Abraços!

  5. Também não vejo problemas em se basear naquilo que faz sucesso. Quem não gostou foi a Juliana. Algumas pessoas não conseguem compreender a diferença entre comentário, critica e avacalhação. Quem expoe seu trabalho ao publico está sim aberto a comentários sejam positivos ou não. Quando falei sobre lançar compositores deixei claro amigo xande que me ferefia a pessoas DE FORA. Voce citou alguns mas esses me parecem que participam. Quando eu disse que era diferente da Vela foi nesse sentido ele dão oportunidade realmente mas vamos deixar isso pra lá que já está parecendo implicancia. Façam como acham certo e pronto. Felicitações e muito sucesso. Com muito trabalho e dedicação logo vcs alcançam o samba da vela.

    • Opa Tinhorão, convivo bem com comentários e até mesmo com a critica, para mim soa natural… Creio que não tem frequentado a Feira, por lá você poderá escutar obras de Soró da Bahia, Afonsinho do Vai Vai, Renatinho Camisa Verde e Branco, Angelo, Ricardinho Olaria e tantos outros, como disse anteriormente, basta aparecer e executar sua obra, não fazemos distinção…
      O que ela não deve ter gostado, assim como eu, foi o termo acanhado e piegas…Isto sim me soou como ofensivo e de certa forma pessoal, algo realmente endereçado… Mas não vale entrarmos neste mérito, prefiro o tete a tete.
      Rsrs…Mais uma vez obrigado pelos votos de felicitações e quem sabe, com bastante trabalho chegaremos ao patamar da Vela, mesmo não sendo este nosso real interesse…rs
      Abraços camarada!

  6. Esta roda de samba ocorre todo 3° domingo de cada mes, na Avenida Eulina s/n, Vila Santa Maria, bairro do Limão, Zona Norte/SP.
    Este mes acontecerá no dia 20 e estaremos promovendo uma homenagem a Aniceto do Imperio, por conta do seu centenário.
    Será um prazer recebe-la.

  7. Boa tarde, gostaria muito de conhecer esse projeto de vocês, no mês de julho acontecerá em qual data? Aguardo retorno…

  8. Agora somente em Agosto, precisamente no dia 19, será uma linda festa de aniversário, completaremos 05 anos de Projeto, aguardamos todos!

  9. Quem não foi não perdeu nada. Nesse samba tem muita propaganda para pouco samba. Pra piorar as mulheres dos meninos que tocam querem aparecer mais que eles. Um desfile de vaidades e futilidades.

  10. Ainda não consegui ver o samba porque passo lá por volta do meio dia e não tem nada só uma barraca. Já ouvi falar bem assim como ouvi que são mesmo muito malas. O dia que cumprirem o horário eu vejo.

  11. Samba da melhor qualidade, já fui e vou várias vezes!! Diferentemente dos “projetos” de sambas existentes que eu vou, os componentes originalmente na sua grande maioria são oriundos de escolas de samba. Fogem daquele dito e maldito repertório que QUASE TODOS projetos de samba seguem….beirando a mesmice. Não sou amigo de nenhum deles, muito menos das mulheres (como citaram acima), curto o samba e ponto. E para alguns que citaram que o “projeto” tem apenas 5 anos, procurem saber o percurso da rapaziada que compõem o samba…que não é de hoje!!!Parabéns ao samba na feira e, quero que saibam que o crescimento em qualquer seguimento, causam danos às “línguas alheias”. Continuem assim! Como sugestão, só peço que terminem um pouquinho mais tarde.

    Saudações
    Renato

  12. Sou morador e já fui diversas vezes. Acho que houve exagero em ambos e explico porque. O samba é sim de boa qualidade mas não é diferente dos outros como falam acima. O que irão ouvir lá é Candeia, Cartola, Nelson, Aniceto, Velha Guarda da Portela como ouvirão na Tenda, na Laje, na Vela, São Matheus e em outros todos. Assim como nesse samba os organizadores são oriundos de escolas de samba, nos outros todos idem. Não importa quem começou antes. Tem mais jovens bons e mais velhos também bons. Vale ainda lembrar que na feira o pessoal é super organizado. Eles conseguiram apoio de vereadores e assim tem banheiros, tendas e ainda recebem uma verba pública mensal da prefeitura o que mostra que com trabalho e dedicação é possível realizar sempre mais. Parabéns a todos os projetos de samba de São Paulo e quem não gosta basta não ir.

  13. Boa tarde, fico muito feliz pelos comentários, pois é com eles que amadurecemos.
    Somente um adendo Junior Carolina, não recebemos um centavo da Prefeitura de SP, tão pouco ajuda de vereadores, toda a estrutura que por lá existe é arcada pelos membros e amigos, no famoso rateio. A cerca de um pouco mais de um ano, a Prefeitura deixou de nos encaminhar as tendas e banheiros, pois foi alegado que o orçamento já estaria estourado…
    Fazemos tudo aquilo que já era feito no samba e em tantas outras rodas de SP, só imprimimos nossa cara, dando ênfase para aquilo que gostamos, esperamos continuar atendendo o publico e que todos possam se divertir conosco, afinal, este é o intuito da Feira.
    Um grande abraço e esperamos todos na edição de Outubro.

  14. Esse é o ponto. O samba é o mais importante. Enquanto houver samba bem representado haverá mais alegria. Quanto ao apoio da prefeitura, quando citei isso foi com a certeza que existe. Não me interessa criar constrangimento mas a prefeitura patrocina sim. Afirmo porque tenho certeza absoluta assim como o samba sempre foi auxiliado por vereadores. Se parou agora é outra coisa mas sempre foi ajudado. Mais importante que qualquer coisa é o reconhecimento.

  15. sempre ouvi falar muito bem desse projeto , quero conhecer de perto , parabens a todos que colaboram e participam desse momento cultural.. abraços.

  16. Avenida Eulina s/ numero. Santa Maria Zona Norte de São Paulo. É uma travessa da Avenida Deputado Emilio Carlos, bem próximo a lombada eletronica. Espero ter ajudado!

  17. vamos parar com esses comentários nervosos,o negocio e sair de casa e curtir um samba …isso sim é maravilhoso vem gente,gente mesmo que gosta de se reunir e realçar o amor de alma do samba…..nasci no peruche e amuuuuuuuu..samba..um abraço a todos ….deixem o samba nos levar……kkkk

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s